Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Facebook > INEAF participa do encontro de 30 anos do Legado de Chico Mendes
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

INEAF participa do encontro de 30 anos do Legado de Chico Mendes

  • Publicado: Sexta, 21 de Dezembro de 2018, 13h04
  • Última atualização em Sexta, 21 de Dezembro de 2018, 14h03
  • Acessos: 231

Organizado pelo Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), entre 15 e 17 de dezembro, o encontro 'Chico Mendes 30 anos', reuniu em Xapuri, no Acre, mais de 500 pessoas vindas de comunidades extrativistas de todo o Brasil, além de representantes de instituições e apoiadores da causa, ressaltando ao final a importância de continuar fortalecendo as alianças e o legado do grande líder sindical e ambientalista brasileiro.

 

Foto do evento, Prof. Dr. Carlos Valério Gomes, ao microfone à esquerda. Foto: arquivo Carlo V. Gomes

 

Durante o encontro aconteceu o lançamento de uma edição especial da revista Desenvolvimento e Meio Ambiente, vinculada à Universidade Federal do Paraná (UFPR), sobre 30 anos do legado de Chico Mendes, reunindo autores de instituições nacionais e internacionais para homenagear o legado de Chico Mendes.  A edição especial é formada por 23 artigos organizados em quatro grandes temas: evolução das políticas, reservas florestais, reservas marinhas valorização dos recursos naturais.  Os artigos, ancorados em pesquisas originais, em universidades, organizações não governamentais, órgãos de governo, e em vivências com a história de Chico Mendes, contribuem significativamente, sob distintos ângulos, com o debate dos desafios socioambientais, presentes e futuros do Brasil.

 

O Instituto Amazônico de Agriculturas Familiares (INEAF) da Univesidade Federal do Pará (UFPA) foi uma das instituições patrocinadores do evento. O Prof. Dr. Carlos Valério Gomes, representou o INEAF no evento, o docente teve dois artigos publicados no periódico, sendo estes, “Reservas Extrativistas na Amazônia Brasileira trinta anos depois de Chico Mendes: conquistas do movimento social, expansão territorial e lutas contínuas” e “A Reserva Extrativista Chico Mendes: Trajetórias do Desenvolvimento Agroextrativista na Amazônia.

Acesse a edição da revista clicando aqui: https://revistas.ufpr.br/made/issue/view/2648/showToc

 

Foto, Prof. Dr. Carlos Valério Gomes, durante o evento. Foto: arquivo Carlo V. Gomes

 

O Comunica INEAF entrevistou o Prof. Dr. Carlos Valério Gomes sobre o evento e sobre a importância de Chico Mendes no cenário socioambiental:

Comunica INEAF - No seu ponto de vista, qual o legado deixado por Chico Mendes para as gerações atuais e o que este modelo representa para as gerações futuras?

Prof. Dr. Carlos Valério Gomes - Chico Mendes deixou um legado com múltiplas dimensões. Dentre eles, destaco em um dos artigos a criação e expansão do modelo de Reservas Extrativistas, que se tornou um importante instrumento de garantia de direito à terra e melhoria da qualidade de vida para diversos grupos de populações agroextrativistas na Amazônia. As Reservas também se tornaram um importante instrumento de política pública de contenção do desmatamento de larga escala na região. Outros legados estão ligados à forma inovadora de mobilização do movimento social e ao fortalecimento da economia agroextrativista, vislumbrando alternativas de desenvolvimento com bases sustentáveis para a Amazônia. O evento fortalece substancialmente o movimento social das populações agroextrativistas frente aos diversos desafios que se aproximam com  os “novos” contextos políticos do Brasil.  

Comunica INEAF - O que significou para você participar deste evento e desta publicação, sendo um representante do INEAF?

Prof. Dr. Carlos Valério Gomes - Trabalho com o movimento dos seringueiros do Acre desde o início dos anos noventa; participar do encontro foi inspirador, dialogando com lideranças históricas do movimento e perceber novas gerações que estão tomando a frente dos rumos do movimento social na Amazônia em defesa das florestas e das populações agroextrativista. O INEAF foi um dos patrocinadores do evento, e estamos cada vez fortalecendo essa discussão nos nossos programas de graduação e pós-graduação. Em 2017, criamos um curso de especialização em “Gestão em Sistemas Agroextrativistas para Territórios de Uso Comum na Amazônia (GESAM)” voltado para a formação de profissionais que trabalham com diversos modelos de unidades de conservação na Amazônia, incluindo o modelo de Reservas Extrativistas criado por Chico Mendes. Em 2019, acontecerá a segunda edição do GESAM.

 

No final do evento foi lançada a CARTA DE XAPURI para honrar a memória e defender o legado de Chico Mendes. Assista a versão em vídeo abaixo.

 

 

 
registrado em:
Fim do conteúdo da página